02/05/2012

Only.

O tempo tremula em meus dedos, os olhos coçam e eu borro meu rímel, esqueci de tirá-lo. As veias visíveis na minha pele branca denuncia a vida em mim. Estico os dedos, olho pro esmalte azul em minhas unhas e penso, repenso, trepenso. Parece que cada detalhe te chama pra mim, parece que cada coisa simples, mínima, eu te vejo em mim. 
E em todas essas sombras e luzes que me surgem. Você está aqui.
E aqui.
E aqui…

2 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Jeniffer Yara disse...

Bem subjetivo esse texto, nem sei ao certo o quê comentar, só sei que suas palavras são carregadas de sentimento. Bom ou ruim, não sei.

Beijos ><
Meu outro lado

Emilie S. disse...

que lindo <3
Emilie Escreve~