10/10/2010

- When you're gone

São Paulo, 03 de Janeiro de 2011.

    Hoje resolvi responder uma de suas cartas.
    Bom dia.
       A distância só nos priva dos corpos, porque sua mente anda comigo, em cada mensagem, em cada ligação, em cada email, em cada carta... Carta, o que eu mais amo receber de você. Seus sentimentos, suas saudades, seus medos e ansiedades. Você me transmite tudo. É como se você estivesse aqui, do meu lado, conversando, chego até a sentir seu calor em um abraço e te ouço sussurrar em meu ouvido, só por estar com uma carta sua nas mãos.
   É engraçado, mas a distância só fez aumentar o meu amor por ti.
   Eu não sei quando eu volto, o tempo aqui parece nunca acabar e ainda vou prolongá-lo. O que faço sem você aqui?
    Em resposta a sua pergunta, não, eu não vou te esquecer, nunca.
    Devo me desculpar pela curta carta de saudade, mas tenho a certeza que quando você lê-la, vai me sentir aí, ao seu lado, e quando você sentir, espero que ouça minha voz te dizer, eu te amo.
    De sua querida namorada.

P.s. Sinto falta dos teus lábios...é inevitável.














Nota 9,5

6 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Carolina Costa disse...

Adorei, e bom, você escreve muito bem!
Estou seguindo seu blog. Se tiver algum tempo, poderia passar no meu?

http://placeofalegria.blogspot.com/

Beijos.

Elania disse...

Vou passar sim no seu. bjjs e obg pelo comentário.

Srtª skity disse...

que coisa linda- vc escreve mó beeem ! Ameei' agora vou ler ele sempre'

Elania disse...

Obrigada pelo elogio :)

Priscila Nascimento disse...

aiiin, que lindo *-*
nossa, muito bem feita, e tocante! Parabéns...
http://mudandopordentro.blogspot.com/

Elania disse...

Obrigada flor, bjs :*