09/07/2010

Temperamental

Às vezes eu fico calma, às vezes perdo a calma.
Às vezes falo palavrões, às vezes peço perdões.
Às vezes choro de raiva, às vezes choro de paz.





Não é porque eu tenha ódio no coração, é que eu apenas sou temperamental, não me rotule, não espere nada de mim, de vez em quando as coisas acontecem. A vida é assim, tem que se aprender com ela, com os erros e acertos.

0 deixaram-me mais motivos para sussurrar: