25/03/2013

Aceite-me


 A música que é a sua cara, o som que faz teu ritmo. E eu penso se seria possível implantar essa sensação em você, eu queria que fosse possível você olhar pra mim e perceber que a melodia que me persegue é a sua. Eu, honestamente, queria que tudo voltasse, voltasse ininterruptamente. Eu acredito que amo você, com todos os teus defeitos terríveis, com as qualidades que por vezes ressalto de maneira tímida, dos traços físicos que me encantam e das bobagens que você não consegue desapegar.
 Você sempre vai me fazer bem, dentro dos limites, fora deles. Você tem o semblante que me enamora facilmente, me enaltece, me invade. Você tem os limites que eu gosto de transbordar.
 Quem é você que eu não esqueço? Quem é você que me ama desse jeito e mal sabes disso? Quem é você o alguém a quem gosto tanto de pensar?
 Vamos parar por aqui, deixar as músicas seguirem, com suas letras que conduzem tantos dos nossos momentos. Eu sei quem é você, você é o não-eu.
 E eu amo você.

6 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Nati disse...

No inicio tudo é assim, pena que não dura pra sempre do mesmo jeito. Beijos

Rodrigo Santos disse...

Adoro a coragem de quem admite sentir essas coisas... Se for por alguém, se for por si, não importa. Admitir esse "amolecimento" já é o bastante.
Saudades das suas sinceridades por aqui.

Emilie S. disse...

que lindo. só fico imaginando se foi escrita a um desconhecido que ainda aparecerá ou se essa pessoa existe
»»» Emilie Escreve

Daniela Filipini disse...

O amor... bem aventurados os que são atingidos por ele! :)

Daniela Filipini disse...

O amor... bem aventurados os que são atingidos por ele! :)

Liste e Realize disse...

Ahhh, gostei do comentário anterior, rs!

O amor é uma bênção. E essa entrega é um risco, mas não há coisa melhor.

Todo risco vale a pena.

Adorei o blog!

Beijos,
Pâmela Rodrigues
http://listerealize.com