07/02/2012

Você e eu, junção. Você e eu, silêncio.

Púpilas dilatadas,
Coração acelerado.
Memórias exacerbadas
E você do lado.

Peito quente e frio.
O silêncio esguio.
A falha no olhar
E o esganiçar no falar.

As peripécias nas falas
As carícias ilícitas.
A falta de ar no gargalhar
E pés bambos a trilhar.

O pairar das mãos
A junção dos suspiros
O silêncio no sorriso
E o amor no olhar.

2 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Rodrigo Santos disse...

lindo poeminha ><
~suspiros~
haha'

Jéssica F. disse...

Obrigada pelos comentários no meu blog, Elania linda. Eu quero só fazer duas observações para você. Você disse em Sobre o indispensável que você tem isso mas não consegue enxegar, eu na verdade penso que você tem tudo o necessário para ser feliz, viu? Nunca se esqueça disso. E em Sobre os artistas, se você quis saber o que aconteceria no final então eu consegui o que queria: esse gostinho de quero mais. Não por ser malvada, claro hahaha. Mas enfim, sobre o teu post: Que poético, elania! Poxa, não sabia que escrevias poemas... Lindo, lindo.
Bjs