01/04/2011

Ps. I remember U.

Fortaleza, 31 de Março de 2011.

    Ontem a noite eu tive um sonho cara, um sonho muito doido, porque você estava aqui, estava do meu lado, minha incosciência trabalhou muito pra te trazer aqui, naquele sonho, em que você me pegava nos braços e dava aquele abraço apertado de sempre.
     Sabe, você ainda me dizia que sentia falta, sentia falta das minhas tapadas, dos meus murros fracos em seu ombro e começava a me contar da faculdade. Eu me deitava em seu colo, ouvindo-te e sorrindo. Então eu acordei, despertei e lembrei de você e quase me bati porque a saudade ainda apertava e você estava longe, eu estava fria, nem sequer sentia seu cheiro. Meu amigo, meu amor, meu doce e ingênuo quase amor. Todo esse sonho me fez lembrar de três anos atrás, em que eu mal o conhecia, em que eu fingia não querer saber o que você sabia. Mas, Js. era tudo uma arte de interpretação, porque eu sabia que assim como você queria saber de mim, eu queria saber de você.
    Os anos passam, os braços ficam solto demais, não tem mais os abraços que eu conquistei com o tempo  e o que resta é aquela conversa melosa no msn de saudade, uma saudade incompleta, porque parece um tanto falsa escrevendo.
     Mas, hoje não vim falar disso, só vim dizer que eu lembrei de você. Lembrei e vou procurar seu endereço por ali ou o seu número celular e enviar essa carta pra ti, pra você, assim como eu fiz, lembrar de mim.
    Com amor de sua querida e adorada amiga, que insiste em dizer que ama você,
     Elânia.


----------------------------------
Ps. Nome da pessoa em questão, foi abreviado, para não ter implicações nisso, e sim, foi real. (:
Beijos pra vocês e desculpa a total ausência minha, estava sem computador, mas agora ele voltou *-*

5 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Jaynne Santos disse...

Ah, gostei de verdade dessa carta. Estou iniciando a minha faculdade e já tenho um amigo assim.
Espero que tudo termine bem pra você.
Boa sorte no BLQ.

Grande beijo;

Karlene Duarte disse...

"Mas, Js. era tudo uma arte de interpretação..."

E essa nossa arte de interpretar as vezes é tão boa que eles acreditam, né?! Depois nós, mulheres, que somos bobas. haha.
Muito linda sua carta, flor. *-*
Beijo. ;*

Vinicius Ferrari disse...

é tão triste quando as coisas acabam sem nós sabermos o real motivo não é mesmo? Acabar por acabar deixa um vazio, "um gostinho de quero mais".
Em relação a sua nota, tenho que te dar os parabéns. Ortografia perfeita e totalmente adequado ao tema. A criatividade poderia ter sido melhor abordada, mas compreendo que por se tratar de uma carta verídica fica difícil surpreender.

Parabéns e bom final de semana! <o/

Caroline disse...

O fim é sempre triste, seja em qualquer situação. Muito linda a sua carta e espero que tudo dê certo.
E obrigada pela visita. *-*

Beijos. s2

Gabriela Lauriano disse...

O fim realmente é triste. E a saudade que insiste em nos fazer sofrer é ainda pior.
Passa um tempo, mas ela sempre volta, pra nos mostrar o quanto somos fracos. E o quanto nós somos enganados pelo nosso coração.
Adorei o texto, e gostei mais ainda de saber que é real.
Um beijo ;*