13/03/2011

Mais uma música - Parte final

 - Por mais que eu queira que você escute a minha última música para você, isso seria doloroso para ambos. E já chega fazê-lo sofrer assim, dessa maneira, dizendo na cara que não o quero. - balbuciei para Bernardo, que mantinha seus olhos turvos, jogados dentro de um vazio, que eu conhecia tão bem.
 - Bernardo, sei que irá me odiar, irá dizer que o usei, que queria chamar atenção, mas não. Tudo que passei com você foi simples e verdadeiro. Você me manteve viva.
 - Ei Selena! Pare de explicar as escolhas do teu coração, isso eu posso aguentar. Mas você escondeu a história de vocês de mim, até aquele idiotas dos seus amigos sequer mencionavam isso. - ele disse, segurando firme meu rosto para encará-lo, o vazio ainda se mantinha lá.
 - Bernardo eu o amo, mas não da maneira que esperaria. - falei. Ele sorri e beija minha testa, me puxa para um abraço e sussurra em meu ouvido.
 - Essa é sua última música para mim. Essa sua sinceridade é a batida da bateria, essa sua suavidade misturada com temor são os sons da guitarra e esse adeus é o som do piano que toca ao fundo de toca bela canção. - falando isso me abraçou mais forte. 
 Essa foi a nossa música, com seu príncipio, meio e inevitável fim.

- Chuck, sua mão! - exclamei, enquanto ele gargalhava.
- Amor, posso passar a noite aqui? - pergunta e com a outra mão aperta a barriga.
- Não sem antes me dizer o que houve com você. - estiquei o dedo apontando a mão machucada.
- Só fiz o que a muito tempo deveria ter feito.
- Não, não, não. Chuck! Você conversou com o Fernando? - pergunto, já entendendo tudo.
- Ele pelo menos conversou com a minha mão. - diz e cai na gargalhada outra vez.
- Não Chuck, isso...sei lá. Você são AMIGOS.
- Selena, não fiz isso por você, foi por mim. Eu não confiei em você e deu no que deu. Só coloquei meus limites para ele, ele continua, ahn...meu amigo, mas não chega mais perto da minha namorada. - me beija.
- Eu te amo seu idiota. - falei... - Peraí, se ele não vai mais falar comigo e nem chegar perto, como que fica a banda?
- Depois eu penso nisso. - e mesmo com a mão machucada, ele me puxa para mais um beijo.


ÉE, gente, me sinto realizada com o fim desse conto(história). Mas sei que todos nem sempre gostam do "fim", sei que poucos, acompanharam de fato "Mais uma música", mas quer deixar sua opinião? Qual seria o seu fim para a história? . Obrigada a todos, pelo carinho de me acompanharem nessa jornada de escrever e sentir.

3 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Katrynna Chacon disse...

Oi, eu estou ti seguindo! Amei o blog, super lindo. *-*
Os meus blogs são esses, http://katrynnac.blogspot.com/
http://katrynnachacon.blogspot.com/

Um beijo :*

em disse...

Tem um selo pra vc no meu blog

Blog: Sun and Rain
Link: http://www.dennysfontes.co.cc/2011/03/premiado-com-um-selo.html

Layane disse...

Eu, eu o/
Eu acompanhei toda a história, e passei a gostar mais no fim do que no começo. Diferente de "passado é história" eu gostava muito no começo, mas aí você apressou o fim. Ainda assim é uma das minhas favoritas do blog.
Não tava comentando, mas estava acompanhando tudo o tempo todo.
Bj*** (L)