05/03/2011

Diário da garota de mochila azul - part.8

 19 de Julho de 2011 - 15:30 p.m.
   Estou melhor, juro. Estava até andando um pouquinho por aí. Vendo algumas lojas culturais, livrarias e vendo o mar de novo. Me bateu uma saudade de casa, saudade do abraço aconchegante da minha prima skatista.
   Estava pensando em desistir totalmente dessa minha rota pelo Brasil, seis meses é muito tempo. Seis meses para ... hm, bom, preciso contar uma coisa que aconteceu na praia, foi mais ou menos um tipo de resgate, haha.
   Eu estava caminhando sobre a areia fina e molhada da beira da praia, via algumas pessoas rindo dentro do mar, balançando conforme as ondas, tive vontade de sorrir, sorrir de verdade por ver aquele tipo de felicidade estampado no rosto deles, foi ai que eu vi o rosto de Henrique no meio daqueles, ele meio que me olhou esquisito e um meio sorriso surgiu dos lábios dele, mas nessa hora uma onda veio e quebrou mesmo encima dele, eu surtei completamente. Eu só não entendo porque eu deveria me preocupar com ele...É a vida.
   Mas foi aí que eu entrei no mar com a roupa que eu estava na hora, mergulhei e peguei ele, eu disse que foi mais ou menos um resgate, porque nada de mal tinha acontecido a ele. Ele me agradeceu e eu sai de lá, me chutando mesmo, me sentindo raivosa e com uma convicção de que eu precisava sair dali. E vou sair. Amanhã viajo pra Bahia. Seja o que Deus e eu quiser.
  Tchauzinho .

8° Edição Diário de Mochileiro.
Nota: 9,6 - 2° lugar
Eu tenho quase certeza que não fui muito bem nessa parte, foi muito encima da hora, saiu assim, sabe, direto, não pensei muito a respeito. Beijos pra todos :*

2 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Projeto Créativité disse...

rsrs foi pensado de última hora, mas foi engraçado ele pagando esse mico ;DDDDD

Vida e arte disse...

Pode ter sido em cima da hora, mas ficou super.

Parabéns

Beijos