06/02/2011

Half of my heart

 - Você não pode partir um coração partido. - foi o que eu disse ao encontrá-lo da última vez, naquela praça deserta, em que nossos olhares se abraçaram tamanha a saudade, mas meu coração doía em cada passo. Com a conversa fluindo, essa foi a única resposta pra tudo. Meu coração já estava partido antes de ele tentar partir de verdade. Meu coração sofria com as mentiras exageradas e o sorriso errado, sorriso falso. Era o que mais me doía.
 - Eu a amo Claire. Tudo que amo é você. Eu percebo que em um quadro sem voz você pinta o amor que eu não te dei. Uma dor secreta...Mas tudo que sou é você. - ele diz, minha garganta se fechou na hora, lágrimas teimavam em invadir meus olhos. Apesar da dor, apesar do coração partido eu o amava.
 - Mas você mentiu pra mim. Você mentiu antes mesmo de dizer uma mentira de verdade. - eu disse, encarado seus lábios trêmulos. Meu coração batia fortemente sob a caixa torácica, envenenando minhas veias com uma dor que ninguém conhecia.
 - Claire, não houve nada depois de você...como você... - ele suspira. - Eu não tive intenção de mentir para você, eu só estava confuso, achando que o que sentia poderia me prender a você. E eu pensei que assim não poderia machucá-la.
 - Mas machucou. E muito Luke. Muito antes de você dizer a palavra que já vinha latejando na minha cabeça. - foi minha palavra final, corri meus olhos por seu rosto e o vi retorcê-lo de dor, virei-me e comecei a correr. 
 - Claire, por favor. - parei, sem olhar para trás. Olhar em seus olhos seria o ápice.
 - Não Luke. Eu já decidi. Não quero ver meu coração quebrado em pedacinhos. Quero vê-lo curado, apesar de amá-lo é melhor não ficarmos juntos, pois com você meu coração vai ser partido sempre e sempre. - apertei os olhos, forçando a não queimarem tanto e voltei a correr. 
 Corri em direção ao pôr- do- sol. Essa conversa partiu mais um pedaço de mim, mas não foi meu coração. Foi minha alma.

Pauta para a 55° Edição Musical , Bloínquês; Nota-9,63
E para a Edição Musical, Creativité - Nota: 9,75 - 1º lugar

6 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Jessica *.* disse...

Nossa! Que triste! =/
Infelizmente,nem tudo é conto de fadas,não é mesmo?
Adorei seu texto,e sua forma de escrever.Você tem talento!
Eu posso indicar seu blog? Da uma passadinha no meu para pegar o selo.

http://lamoursda.blogspot.com/2011/02/selinho.html

E seguir as regrinhas:

1ª Indique 10 blogs que você gosta.
2ª Dizer quatro maneiras,atos de amor que são importantes para você.

Bom,é isso! Grandes beijos!

Jessica *.* disse...

Rs! Isso acontece,as vezes é dificil encontrar um tempo disponivel.Mas tirando um poquinho de lá e cá,a gente consegue! Rsrs!
Magina!Você escreve muito bem!
E claro,agradeço aos elogios.Não sabe o prazer que sinto ao encontrar comentários no meu blog!
Beijos!

Natália disse...

Ninguém pode partir um coração partido, machucar um coração machucado... Ninguém tem esse poder. beijo

. pamela moreno santiago disse...

Parabéns pelo primeiro lugar na Edição Musical.
Continue assim e participando deste belo projeto. Te vejo na próxima edição.

Pamela, avaliadora do Projeto Créativité.

αmαndα ツ disse...

Ei, fiz um meme literário e te indiquei! Gostaria muito que respondesse! O link é esse: http://migre.me/3SXBh

Beijinhos! ;*

Sonhos em linhas disse...

Nimguém pode partir um coração partido, mas pode levar com sigo mais do que só nosso coração. Pode roubar nossa vida e nunca mais devolver.