26/02/2011

Diário da garota de mochila azul - part.7

18 de Julho - 17:00 p.m.

    Dia ruim, dia muito ruim. Enganada mais uma vez, sempre e sempre. Estou um pouco melancólica, eu devia saber, aaah, devia. Eu estou viajando pra conhecer lugares não pra me apaixonar. Vou explicar.
    Como sabe, ontem fui ver ou tentar ver o Vinicius, só que eu O vi...com outra, fazendo o mesmo que comigo, quando ele me viu, apenas o encarei friamente e me virei...esbarrando em quem? Adivinha? Adivinha?
 Henrique, estava com uma loiraça do lado, com um sorriso enorme estampado na face, quando me viu sua pupila dilatou, mas seu sorriso desapareceu. O diálogo foi mais ou menos assim:
- Oi. - eu falei, trêmula.
- Er. - foi a única coisa que saiu da boca dele.
- Oi, sou Jasminder. - me aprensetei para a loira. Ela sorriu simpaticamente.
- Jen. - se apresentou.
- Bom, eu estava de saída, deixo vocês a sós agora, quer dizer...não é possível ficar a sós aqui...mas é ,vocês entenderam. - falei e engoli a saliva que NÃO TINHA na minha garganta.
 Olhei para trás novamente e Vinicius estava beijando a garota lá. Olhei para Henrique outra vez e vi um pouco de surpresa e raiva estampado na cara. Acabei vindo pra cá e chorando a noite toda sem um motivo concreto, só que levei dois pés na bunda, um por eu ser burra e outro por a outra pessoa nem saber de mim. Pois é. Tenho que me familiarizar que eu estou aqui pra VIAJAR, CURTIR, não me apaixonar, mas vai lá, explica isso pro meu coração. Como eu disse, dia ruim, muito ruim. Até.

7° Edição Diário de Mochileiro - Projeto Creativité
Nota: 9,7 - 2° lugar

.

1 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Caroline Araújo disse...

Essa é a primeira parte do conto que leio, mas confesso que me senti instigada a ler as outras que escorregaram ligeiras pelos meus olhos. Quero saborear cada palavra sua, já que todas soam tão doces (apesar de retratar um dia ruim). Mas, apesar dos fatos que se sucederam com a personagem, ainda assim, a beleza não deixou de estampar a face da sua escrita. Parabéns.
Grande beijo.