01/03/2011

Little girl

Querida Petra,
 Há alguns anos você ainda era uma doce e ingênua garota com seus 4 anos. Disse que amava-me e num lapso de esperança tentou presentear-me com um pedaço de papel colorido, que na sua concepção de criança seria a coisa mais linda do mundo.
 Fui rude, admito, ignorando seu pequeno gesto de carinho. Você vinha e colocava-o sobre minha carteira e eu o devolvia a você, ocorreu algumas vezes, até que eu, cansado o rasguei na sua frente. Vi seu semblante mudar, um tipo de tristeza que eu não aguentaria. Eu também era pequeno Petra, e mal sabia no que aquilo poderia resultar.
 Hoje, com meus 22 anos, percebo que o que eu fizera a machucou e em um encontro inesperado com você dentro de um ônibus pude provar isso, pois no momento que encarei seus olhos castanhos grandes, vi aquela mesma tristeza da doce e alegre menina que eu destrui. Suas costas são um pouco curvada e isso me passa seu medo, quando você me viu sua repulsa era conclusiva.
 Desculpe-me Petra, por ter ferido seu doce amor infantil, desculpe por não ter compartilhado o mesmo, desculpe por torná-la essa mulher com medo, essa mulher que desvia os olhos daqueles a quem te admiram. Desculpe...
 Mas, eu admito Petra, que naquele ônibus eu vi uma bela mulher com seu corpo esguio, com uma boca carnuda e pequena que mantinha os olhos tristes, e naquele momento eu queria ter em meu bolso um pequeno papel colorido que eu tive a horrível decisão de rasgar.
 Eu me lembro de você. Muito bem, mas é como eu disse, foi um encontro inesperado, pois não sei onde você mora nem quem são seus amigos. Só sei que vou deixar esse meu lapso de esperança aceso e guardar esta carta em meu bolso para que quando eu encontrar seus olhos novamente, que desta vez seja para fazê-los sorrirem.
                                                                              Com carinho, Zach.

Primeiro, sim, essa história é real, a carta ou o acontecido no ônibus não, as pessoas envolvidas nunca mais se viram na vida, mas esta mulher ainda guarda uma pequena-grande mágoa por o acontecido na infância, mas agora entende o porquê. Nomes ficticios.


Carta escrita para Edição Cartas -Projeto Bloínquês(nota: 9,95 - 2º lugar) &
Edição Decodificando Cartas - Projeto Creativité( única participante)


Frase "secreta": Petra você seria minha pequena e doce menina se eu tivesse feito seus olhos sorrirem.

9 deixaram-me mais motivos para sussurrar:

Tammy S. disse...

Gostei da carta , diria que tem todos os sentimentos nela.
seu blog é bem interessante.
http://listenthememories.blogspot.com/

eduardakohls disse...

nossa, linda carta, linda e emocionante. se é uma historia real, talvez ambos se encontrem algum dia, não agora, não hoje, mas quem sabe amanhã?
linda carta, lindo blog, parabéns.

JeJeLs disse...

Incrível a carta...
A história é realmente emocionante!
Estou torcendo por você =]

Kobayashi disse...

Tenso mas muito boa. Meu ultimo post no blog tambem foi uma carta mas não para edição do projeto creativité.

De qualquer maneira escreveu muito bem e a historia é realmente intressante... A vida, afinal, se resume nos pequenos detalhes..aquels que fazem toda a diferença..

Abraço e sucesso

Juliane Bastos disse...

Noooooooossa, emocionante Elânia, que lindo *---*

Que situação, nw sei o que faria.
Boa sorte viu, tuas palavras merecem sempre recompensas :D

Flavia And disse...

Linda carta, emocionante e mostra algo que ás vezes acontece. ás vezes magoamos as pessoas que mais nos amam e só percebemos isso depois de ter feito a burrada. E a frase secreta é linda, mostra um total arrependimento da pessoa e não sei mais oque dizer, esse texto ficou muito bom. *-*

Vinicius Ferrari disse...

Carta muito bem escrita, adequada ao tema proposto e sobre tudo escrita com carinho e sentimentos, o que conta muito. Muito bonita mesmo, profunda. Adorei! *-*
Beijoos e tenha um bom carnaval! *oo*

@anapribeiro_ disse...

Linda carta Elânia, me emocionei.
E então, o tempo conseguiu trazer arrependimento a quem fez alguém um dia chorar. Mesmo sendo uma lembrança triste, a carta ficou excelente flor!
Beijos .
http://ribeiroap.blogspot.com/

Marcos de Sousa disse...

Tem selo para você no meu blog. Depois passe lá para buscar.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/03/sobre-uma-qualquer-vida.html

Beijos